Páginas

8 de março de 2011

Não é nada,é só tristeza mesmo



Não é nada,
é só uma dor que não passa,
uma ferida que não se fecha,
um mal para o qual não há cura,
não é nada além dessas coisas,
ligadas às dores de falsos amores.
Não é nada é só a solidão,
fazendo morada em um coração,
vazio e cansado, 
sempre machucado.
Não é nada, eu garanto,
é só desilusão, desencanto,
fazendo rolar o pranto,
encharcando a alma,
errante, errada, desvairada.
Não é nada, não se preocupe,
é só um pesadelo sem fim,
que tomou conta de mim.

2 comentários:

  1. nossa gata e para tocar fundo mesmo. Somos escravos da solidão.

    Adogoo seu blog *-*

    ResponderExcluir
  2. aah, brigada gatona, é vdd *-*

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...